22 de fev de 2014

Na minha estante: Hex Hall



Nome: Hex Hall 
Autora: Rachel Hawkins
Editora: Galera Record
Ano: 2011 



   Entrei em uma livraria no shopping aqui perto de casa com a intenção de achar uma leitura leve e de preferencia sem continuações já que tenho um problema seríssimo em viciar fácil fácil em livros de série. Resultado, sai de lá com Hex Hall nas mãos ( livro que quando cheguei em casa descobri que tem mais 2 depois dele rs). Mas tá valendo, o livro é demais. 
   Confesso que acabou superando minhas expectativas, apesar de enrolar um pouquinho na hora de contar os fatos. De cara já gostei da personagem principal, coisa que é rara, já que as mocinhas da história sempre me irritam com alguma coisa. Mas Sophie Mercer é diferente. Bom, na verdade ela é diferente mesmo já que é uma bruxa.
   O livro começa com Sophie fazendo um feitiço do amor para uma colega de escola, o problema é que a tal feitiço dá certo demais e ela acaba sendo mandada para o Hecate Hall que é tipo um reformatório para Prodígios ( como são chamados quem possui alguma coisa de sobrenatural) onde começa a interagir com metamorfos, fadas, bruxos, etc.
   De cara, ela já se mete em confusão com um lobisomem, é salva por um bruxo bad boy chamado Archer e tem que aguentar piadinhas o resto do ano letivo, fica amiga de uma vampira que é a pessoa mais excluída do colégio e desperta a ira de um coven desfalcado. Como se não bastasse, ela ainda começa a ver uma "menina" que mais ninguém consegue.
   O livro é narrado na primeira pessoa e é cheio de referencias da cultura pop, o que faz com que você sinta e veja tudo pelo olhar de Sophie, que por sinal tem a ironia como arma para quase tudo.
   O final é daquele tipo que te deixa DESESPERADO para saber a continuação e é super rapidinho de ler.
   Alguém ai já leu ou tem vontade de ler? Me conta aqui nos comentários.
   Beijinhos
---------- ♥ ----------

Não esqueçam que vocês podem entrar em contato comigo pelo e-mail naestantedaana@hotmail.com